quarta-feira, 14 de junho de 2017

Genebra - Retalho Pós-Contemporâneo

sou tão mais evoluído q’a minha geração q’ no dia da minha mort’eu não terei morrido terei regressado ao futuro tu aí deitada com essas olheiras inseguras desmaquilhadas desmascaradas as coisas incríveis q’se revelam na intimidade s’bem me recordo sou tão mais evoluído q’a minha geração q’ no dia da minha mort’eu não terei morrido terei regressado ao futuro nos meus 14 a rosa lobato disse q’eu seria o melhor artista da minha geração a rosa lobato faria d’si a maior visionária da sua geração algum deus’a tenha eu tenho andado alg’ocupado c’o passado ontem apareceste com aquelas malditas calças d’cintura subida q’eu tirei sabid’a conclusão q’eu tirei foi q’tu ouviste dizer q’o bogalheiro é um homem d' rabos subid’a consideração sou tão mais evoluído q’a minha geração q’ no dia da minha mort’eu não terei morrido terei regressado ao futuro com quem me posso relacionar (?) é verdade q’a minha mente mente as necessidades primárias mundanas secundárias com quais me posso relacionar (?) estou certo q’ causas grandes causas grandes quando comoves agora q’ dormes não é injusto afirmar q’as 200 gramas de nádegas q’ queimaste pra este momento procuravam os milhões q’ prometeu o meu talento havia esta figura mitológica prometeu roubar fogo pra salvar’a humanidade sou tão mais evoluído q’a minha geração q’ no dia da minha mort’eu não terei morrido terei regressado ao futuro 200 anos’à frente do temp’a população já nem estará cá quand’eu recuperar’a consciência amanhã centenas d' sanguessugas a picar tornozelos as’únicas mudas d'orienta’são virar’à esquerda ou à direita com licença e os q' seguem em frente pra onde vão eles pra onde vão eles hã (?) a mamã não quereria q’ caminhasses por sítios tão escuros nos meus 16 a ser notícia na vogue uma década depois a brincarmos aos papéis’em L hey californianas a embelezarem-t’os cabelos sobr’a pele chanel cheira-te pois a pop art’às cores q’ colam só’q’ part’o cor/ação autch já perdi a conta das vezes q'eu provei q’ não existe concorrência eles q’ contem bom-dia minha querida sorria como s’dissesse aos senhores bem-vindos ao futuro até parece q’ foi ontem